terça-feira, 18 de outubro de 2016

A Dançarina de 13 anos de idade, Maddie Ziegler, está Lançando um livro de Memórias e uma Trilogia de Romance Jovem Adulto

Nenhum direito é meu. Eu só traduzi a entrevista feita pela PEOPLE.

É preciso ter uma rara experiência para escrever um livro de memória com 13 anos de idade. (14 agora)

Maddie Ziegler é a tal de 13 anos de idade. A estrela de Dance Moms e Go-To Girl (é como se fosse uma melhor amiga) da Sia escreveu uma autobiografia sobre sua fama precoce, a PEOPLE pode revelar com exclusividade.

O Diário da Maddie será publicado pela Gallery Books em Março de 2017, documentando os primeiros anos da Ziegler no Lifetime, e compartilhando conselhos e lições para outros dançarinos adolescentes.

Além disso, a Ziegler - que é agora uma jurada na edição de crianças do So You Think You Can Dance, e o Aladdin Books irá lançar uma trilogia de romances para leitores de grau médio, escritos pela dançarina.

A protagonista da Ziegler vai navegar em um competitivo circuito de dança, enquanto manuseia a aflição de uma garota mediana pré adolescente.

"Eu sempre fui do tipo de pessoa que realmente aprecia escrever histórias," a Ziegler conta à PEOPLE sua incursão no mundo literário. "Então, quando eu descobri que deveria escrever livros, eu fiquei tão animada que eu comecei a escrever imediatamente!"

"Autor" é apenas outro título para adicionar ao resumo crescente da Ziegler: a nativa da Pensilvânia está definida para aparecer em The Book of Henry, lançando neste setembro. O drama, que as também estrelas Naomi Watts e Jacob Tremblay, acompanha uma mãe solteira que seu filho é um gênio.

"Eu estou honrada de ter a chance de escrever sobre a minha jornada," a Ziegler acrescentou em uma coletiva de imprensa da Aladdin e Galery Books. "Minha esperança é inspirar outros a sempre continuarem sonhando e avançando sobre as dificuldades, porque vale a pena achar algo que você seja realmente apaixonado sobre na vida. Sempre ser corajoso o suficiente para seguir os seus sonhos."

Leia a sinopse de "O Diário da Maddie: Uma Memória":




Dançarina prodígio adolescente e estrela em ascensão de Dance Moms e Jurado do So You Tink You Can Dance: The Next Generation apresenta sua edificante vinda-de-idade autobiografia sobre seguir os seus sonhos e trabalhar duro para alcançar o sucesso igualmente no mundo da dança e na vida.

Maddie Ziegler tinha a esperança de se tornar uma estrela - ela só não sabia o quão rápido esse dia chegaria. Com apenas oito anos de idade, ela foi lançada no hit reality show do Lifetime, Dance Moms e rapidamente ganhou os corações dos fãs em todas as partes com seu talento natural e determinação. Logo, ela estava atraindo todos os olhares - incluindo os da super estrela pop Sia, que a escolheu a dedo para estrelar o incrível vídeo de música popular "Chandelier." O resto, como elas dizem, foi história.

Neste livro de memórias inspirador, Maddie explica o trabalho duro que ela colocou em sua ascensão ao estrelato e como ela mantém o equilíbrio ao longo do caminho. Com honestidade, charme e humor, Maddie oferece sua perspectiva única sobre fazer seu caminho no mundo como uma jovem adolescente, refletindo na lições que ela aprendeu - e preparando para a excitante estrada pela frente.

PS: Eu já quero os livros. Principalmente a trilogia. Eu já sou uma leitora e fã da Maddie, juntou as duas coisas, fica bom de mais!
Me contem o que vocês acham e se querem também os livros.
Eles ainda não têm data de lançamento e nem tradução para português, mas vamos torcer e pedir também.
A pré venda do livro está ocorrendo na Amazon dos EUA.

PS2: Se você quiser alguma entrevista traduzida, é só mandar o link.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Millie Bobby Brown e Maddie Ziegler estão formando um pelotão e convidaram essa impressionante senhorita para se juntar

Nenhum direito é meu. Eu só traduzi a matéria da HELLO GIGGLES


Se houvesse um pelotão de impressionantes senhoritas que todas nós gostaríamos de nos juntar, teria que ser o esquadrão que a Millie Bobby Brown e a Maddie Ziegler começaram. A estrela de Stange Things vem saindo com a Maddie Ziegler, a impressionante dançarina que esteve nos vídeos da Sia, e parece que elas se divertem muito juntas.

Na última noite, Millie convidou Grace VanderWall, a vencedora do America's Got Talent, para se juntar ao seu pelotão pelo Instagram, e nós estamos com um pouco de inveja.


"Parabéns para essa garota impressionante! Eu realmente espero que você possa fazer parte do pelotão meu e da @maddieziegler! #impressionante #metas #americasgottalent"

Grace exatamente nos surpreendeu com sua performance final, e quando ela foi declarada a vencedora, todos nós ficamos muito animados. Agora, juntamente com seu prêmio de um milhão de dólares e seu show em Las Vegas, Grace talvez seja capaz de alcançar alguns sérios #objetivosdagalera graças a sua vitória épica.

Esquadrão da Millie e da Maddie parece ter uma tonelada de diversão.

Estas senhoritas passaram um dia gozando nos Estúdios da Universal em Los Angeles, e suas palhaçadas pareciam como uma explosão.





Millie e Maddie se conheceram no So You Think You Can Dance, portanto é apropriado que seu novo membro seja outra senhorita impressionante de uma competição de reality.



Nós realmente esperamos que a Grace aceite o convite delas, porque juntas, este pelotão será uma total tríplice com todo talento de canto, dança e atuação.

Trabalhem nisso, garotas!



domingo, 31 de julho de 2016

Maddie Ziegler se abre sobre a vida depois de "Dance Moms"

Nenhum direito é meu. Eu só traduzi a entrevista feita pela SEVENTEEN. Aproveite.

Como a estrela da capa de agosto da Seventeen se sente REALMENTE sobre estar indo embora.



Adeus Dance Moms, olá à nova Maddie!

Na nossa edição de agosto , a rainha da dança fala a verdade sobre sua decisão da saída do programa de sucesso. "Deixar Dance Moms foi uma decisão difícil de tomar, mas estava ficando muito estressante," ela diz. "Agora, eu me sinto muito livre."

Claro que uma grande parte da nova liberdade da Maddie significa sem mais Abby Miller. Então nós temos que perguntar: a instrutora de dança é tão má quanto aparece na televisão? "Ela é exatamente como ela é no programa," Maddie diz. "Mas a coisa que eu mais gosto nela é que ela pode ser engraçada algumas vezes. E ela também quer que eu seja boa." Ainda assim, isso nem sempre foi fácil para a Maddie lidar. "Eu sinto que tinha muito mais pressão sobre mim para ser a melhor no quarto."

Outra fonte importante de drama? Comentários rudes no Twitter e Instagram. "Eu poderia estar tipo, 'Por que eles são tão maus comigo?'" ela diz. 'Eu venho percebendo que as pessoas só fazem isso porquê elas querem atenção. Uma pessoa que me odeia, e outra garota começam uma briga na minha página! Eu fico tipo, Que diabos? Por que as pessoas fazem isso?"




Felizmente, a Maddie não permite que os haters ficam no seu caminho, perseguindo seus sonhos. Agora que ela conquistou o mundo da dança, ela está pronta para dar um tiro atuando. E tem uma estrela que está dando seu principal objetivo: Jennifer Lawrence. "Ela é uma atris incrível e pode fazer qualquer coisa," ela diz. "Ela pode ser realmente peculiar e divertida em suas entrevistas que eu vi. Eu adoraria vê-la fazendo uma paródia do clipe da Sia - ela seria incrível em 'Cheap Thrills'!"


Vamos fazer isso acontecer, J. Law!

Reportagem de Hearther Viggiani.

Para mais sobre a Maddie tenha a edição de agosto da Seventeen nas bancas em 5 de julho. Você também pode assinar a versão digital aqui.

Espero que tenha gostado. Seu quiser uma entrevista traduzida, seja de quem for, entre em contato. Deixe o link nos comentários que traduzirei assim que puder.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Como Realmente É Levantar Uma Celebridade De 13 Anos De Idade

Nenhum direito é meu. Eu só traduzi a entrevista feita pela COSMOPOLITAN. Aproveite.

A mãe da Maddie Zielger se abre sobre ser um parente de uma estrela em ascensão.



Como todos os reality shows, Dance Moms segue uma fórmula: tem drama, garotas más, o(a) HBIC, e a inevitável saída. Essa saída foi Maddie Zielger, cuja estrela começou a crescer a sério em 2014, quando ela apareceu no vídeo "Chandelier", seu primeiro vídeo dos três (quatro) em colaboração com a Sia, e depois performado na Ellen e no Grammy. No último mês, ela deixou Dance Moms depois de seis temporadas com a Abby Lee Dance Company em Pittsburg. (Sua irmã mais nova Mackenzie, e sua mãe, Melissa Gisoni, também deixaram o programa.) Agora ela é uma jurada na nova temporada de So you Think You Can Dance com um papel no próximo filme O Livro de Henry e outros projetos de atuação trabalhando. E ainda, ela tem apenas 13 anos - o que significa que sua mãe continua chamando os tiros. Aqui, a Melissa compartilha como tem sido assistir sua filhar crescer, e como ela planeja mantê-la uma criança humilde em Hollywood.

---------------------------------------------------------------------------------

Eu nunca pensei na Maddie sendo famosa. eu nunca quis estar na TV e eu nunca quis estar na TV novamente.

Nosso amigo John Corella (um produtor de Dance Moms) foi um que lançou o programa. Ele andou pelo país escalando mães de dançarinos. Nós tivemos que falar em fitas, tipo embelezando um pouco e dizer, "Oh, minha filha é a melhor", que não é algo que eu normalmente diga. Depois nós tivemos que enviar um monte de vídeos de dança. Isso supostamente deveria ser um documentário de seis semanas, onde eles só seguiam as dançarinas e suas mães. Eu não achei que seria um reality show. Eu nem sabia o que era um reality show. Eu nunca assisti algum. Nós meio que fomas empurradas para dentro do contrato - tipo se você não assinar hoje, você não poderá estar no programa. Eu fiquei tipo, "Oh, ok. Eu assinarei isso. Qual o grande negócio?". então nós assinamos um contrato chamado Just Dance. Mas em seguida se transformou em Dance Moms e veio a Abby Lee e toda a sua loucura.

Maddie achou tão legal ter câmeras a seguindo, mas ela sempre foi um criança muito humilde. As garotas deveriam levantar cedo, às 7:30. Elas pegavam na escola às 8. Em seguida elas permaneciam na escola por 3 horas e meia. Elas iam para o set. As mães as encontrariam lá, nós almoçávamos, e depois filmávamos até às 5 em ponto. Em seguida, depois disso, elas iam para a aula de dança e não iam para casa antes das 10. Mas elas estavam acostumadas a fazer isso. E elas estavam com suas melhores amigas. Todas as garotas eram como irmãs.

Nossa vida em casa nunca mudou pois nós nunca assistimos ao programa. A única coisa que sempre foi um problema foram as redes sociais. As garotas ficavam, "Mãe, as pessoas me odeiam." e eu ficava, "Não é uma pessoa de verdade. São pessoas sem rosto". Crianças de 12 anos de idade que dizem coisas maldosas para você pois são valentonas entediadas - essa foi a parte mais difícil da fama. Tem tantas contas falsas das minhas crianças e as pessoas acham que sejam elas. Eu contratei um agente de redes sociais imediatamente quando minhas crianças começaram a ficar populares.

"Eu contratei um agente de redes sociais imediatamente quando minhas crianças começaram a ficar populares"

Estrelando no vídeo da Sia "Chandelier" foi absolutamente um ponto de virada. Sia twittou para a Maddie e disse, "Eu quero você no meu vídeo clipe". Então nosso publicista achou isso... duas semanas depois. Maddie fez "Chandelier". Naquele ponto, tudo o que ela queria fazer era dançar. Então quando ela fez "Chandelier", ela amou a porção de atuação disso. Ela ficou tipo, "Mãe, eu realmente quero fazer aulas de atuação". Eu disse, "Claro, sem problema". Agora seus fãs não são só fãs de Dance Moms. Eles são fãs da Sia e pessoas mais velhas, pessoas que são realmente artísticas. Algumas semanas atrás, a Maddie performou com a Sia em Nova Iorque e eu estava na platéia. Foi muito intimidador, por volta de 3.000 pessoas. Sia saiu como uma surpresa e começou a cantar. Em seguida a Maddie entrou no palco. Eu chorei como um bebê. A platéia ficou louca. E as pessoas ficaram tipo, "Ai meu Deus! Você é a mãe da Maddie". Eu estou chorando porquê as pessoas estavam torcendo por ela. Sia e Maddie são literalmente melhores amigas. Elas irão para um casamento juntas daqui a duas semanas. Elas são uma família agora.

Dance Moms realmente foi uma grande plataforma para as minhas crianças, mas elas ficaram muito acabadas com isso. É a mesma coisa de novo e de novo, semana após semana. Minhas crianças me disseram que não queriam fazer mais isso. Quando minhas crianças não estão mais felizes, eu não me importo com mais nada. Ele (o programa) também estava segurando as crianças. Maddie não podia fazer trabalhos por conta do seu contrato com Dance Moms. Era hora de partirmos. Ela fez dois filmes - ela fez uma animação e O Livro de Henry. Minhas filhas estão muito felizes. Elas sentem falta das garotas, mas não sentem falta do drama.



Para as apresentações da Maddie, tudo vem para mim e depois nós decidimos como um time se a Maddie vai ou não fazer o trabalho ou a audição. Maddie tem um advogado, empresário e um agente. Seu empresário e seu agente me ligam e dizem, "Foi proposto isso à Maddie". E eu vou até a Maddie e digo "Ei, foi proposto isso a você. Você está interessada?". Normalmente ela diz "Oh, ok. Isso é legal". Ela faz muitas perguntas, o que é ótimo. Normalmente quando ela tem reuniões eu vou com ela. Mas ela se mantem muito bem. Eu realmente não falo muito. Ela é um pequeno adulto em um corpo de 13 anos de idade.

Eu acho que ela é um pouco como minha mãe. Ela sempre teve uma alma antiga. Por exemplo, nós estávamos no Grammy, e nós estávamos nos bastidores com a Madonna e o Tony Bennett. E eu estava enlouquecendo. Ela estava tipo, "Mãe, se acalme. Eles são só pessoas!". Ela trata a Mackenzie como seu bebê. Ela faz o cabelo da Mackenzie todos os dias. Quando a Mackenzie tem um audição, ela fica tipo, "Você tem que praticar. Não, você não está fazendo isso certo.". Ela é muito além de seus anos, e eu acho que isso dará a ela muita longevidade nos negócios. E ela tem modelos positivos. Sia é um grande modelo para ela. Ela disse isso para mim outro dia, "Eu não acho que algum dia vá beber álcool", ou, "Eu nunca, nunca vou tocar em drogas", porque ela tem pessoas dizendo para ela que isso é ruim, para não fazer isso.

Maddie dança tanto quanto ela dançava antes, isso continua sendo muito importante para ela. Ela sempre acha tempo para isso. So You Think You Can Dance só é filmado duas vezes por semana, então ela tem ainda cinco dias para dançar. Nós temos um estúdio de dança em casa, nós temos uma professora que vem à nossa casa. Eu nunca tive que, mesmo quando ela era uma garotinhas, lhe dizer para praticar.

Nós a damos uma vida realmente normal fora do trabalho. Quando nós estamos em casa, ela tem que arrumar a cama, ela tem que arrumar o quarto. Ela tem que fazer tarefas. Eu não faço coisas por ela. Ela tem que ser uma criança normal. Quando nós estamos em casa, todos os nosso vizinhos vão em nossa casa. À noite ela vai ao jogo de baseball do Pittsburg Pirate com duas vizinhas. Elas ficam tão empolgadas. Elas vão sair hoje para verem roupas novas para vestirem no jogo. Mas depois de alguns dias ela fica tipo, "Mãe, eu estou entediada. Nós vamos para LA logo?". Ela quer estar em LA. Ela é uma garota de LA.



A coisa com a qual fico preocupada é que ela tem 13 anos, e ela quer ir ao shopping com suas amigas onde moramos. Eu fico OK com isso, mas continuo preocupada. Eu faço ela me ligar constantemente. Eu dirijo seus "nuts". Ela fica muito cercada, então ela realmente não gosta de ir a alguns lugares. Ela enlouquece se tem um homem. Isso já aconteceu. Um homem a seguiu, mas ela está sempre com alguém. Ela sabe o que fazer. Ela foi direto aos seguranças e contou a eles. Eu sou mais protetora do que eu era antes da fama. Eu a assisto mais. Eu sempre fui preocupada sobre homens a seguindo.

Até agora, eu não tive um mau pressentimento sobre um figurão em Hollywood. Tenho certeza que estarei voltando. É engraçado, Maddie ama assistir ao programa Chopped. Ela se tornou amiga de um menino que ganhou ao Chopped JR. Ele cozinhou para todas as crianças em sua casa. Eu fiquei tipo, "Eu vou com você". Ela ficou tipo, "Mãe, você não vai". Então eu liguei para a mãe para me certificar que ela estava lá. Ocorreu tudo bem. Nessa situação, eu estou bem (com isso). Mas festas em Hollywood sozinha? Não. Não! Não, não, não. (Quando ela tiver) 18, talvez. Ela foi a uma festa privada de jóias da Jennifer Meyers, e Courteney Cox e grandes celebridades estavam lá. Eu fui com ela. Ele gosta quando eu estou lá. Ela não gosta de sair comigo, mas gosta quando eu estou na vizinhança.

"Eu sou mais protetora do que eu era antes da fama. Eu a assisto mais. Eu sempre fico preocupada de homens a seguindo." 

Meu grande medo é ela estar crescendo muito rápido e não querer ficar mais comigo. Literalmente, eu sou apenas uma mãe de Pittsburg. Eu nunca fui uma mãe de palco e minha filha sempre diz isso às pessoas. Eu acho uma mãe de palco é alguém que empurra suas crianças, faz eles praticarem, tudo tem que ser perfeito. Minhas crianças fazem isso por conta própria. Tudo o que eu faço é dirigir para elas e pagar as contas.

Tem muito sacrifício pois você meio tem que desistir da sua vida. Eu realmente não tenho muita vida. Quando eu chego em casa, eu vou almoçar com as minhas amigas. Mas eu não tenho arrependimentos. Eu amo vê-la no palco. Eu amo vê-la fazendo audições e indo a reuniões. É muito incrível quando você vai a reuniões com 13 anos de idade, e todos estão olhando para ela e a escutando e querendo escutar o que ela diz. Eu ficaria satisfeita se tudo fosse embora amanhã, mas ela não. Ela quer ir para LA hoje. Nós estamos em casa tem duas semanas e ela fica, "Mãe, eu vou morar com a Sia. Eu não consigo mais morar aqui. Eu preciso morar em LA.". É apenas onde ela pertence. É muito louco pois, eu tenho que te contar, eu sinto que eu pertenço lá também.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Laço simples para unhas (com palito)

Oi povo. Hoje estou aqui para ensinar a fazer um laço simples para decoração de unha com tinta de tecido. Esse laço é bem simples, mas faz toda a diferença em uma decoração. Então vamos lá!

1- Comece fazendo uma bolinha um pouco grande.



2- Depois puxe uma linha na diagonal para cima e outra para baixo. Elas devem ser puxadas da bolinha, por isso é preciso que o tamanho seja maior.




3- Feche com outro traço na vertical como se estivesse fazendo um triângulo e depois o preencha.


4- Depois é só repetir do outro lado e está pronto!


sábado, 2 de julho de 2016

Músicas do Momento

Hoje eu vim falar das músicas do momento. Mas não as que mais estão tocando e sim as que eu tenho mais escutado nessas últimas semanas e dias. Como eu já disse antes, eu estudo em casa, na maior parte no computador, e sempre que tenho um tempinho livre coloco uma música para tocar no YouTube. 
As músicas listadas abaixo são as que eu estou escutando muito, mas não estão necessariamente em ordem de estou escutando mais e menos ou que eu goste mais e menos. E como eu fico muito tempo por lá (YouTube) sempre rola aquelas músicas antigas, mas que permanecem nos nossos corações. Então segue aí minha lista...

1- I Know What You Did Last Summer - Shawn Mendes e Camila Cabello


Esse música está um tempo já na minha "playlist", mas ela é muito legal e envolvente. Por isso continua. Ah! Eu só conheci essa música faz uns dois ou três meses, mesmo ela sendo de novembro do ano passado.

2- Disney Medley


Essa não é bem uma música e sim uma junção de várias músicas dos desenhos da Disney. Um mashup. Mas tem várias músicas bonitas e a voz da cantora também é incrível.

3- I Feel Pretty/Unpretty - Glee


Glee foi uma série que me marcou muito e a seleção de músicas do titio Ryan era muito boa. As músicas ficavam lindas nas vozes do elenco já que eram todos muito talentosos. Essa é só a primeira de mais algumas que estou escutando muito.

4- Faithfully - Glee


Essa é muito bonita, e como tudo em Glee, tem todo uma história em volta. As músicas marcam muito as cenas e a dessa música é ... (não tem uma palavra para expressar).

5- Hello - Glee


Eu amava a Rachel com o Finn. Mas nenhum dueto deles supera os duetos com o Jesse. As vozes deles casam tão bem. Os dois têm uma técnica vocal e vozes lindas, além de talento de sobra. É o mínimo que se espera de dois artistas da Broodway.

6- My Man - Glee


Já tinha um tempo que eu tinha visto essa apresentação e na verdade nem me lembrava mais dela, mas quando a vi veio toda aquele atmosfera de segunda temporada e confesso que chorei com a interpretação da Lea. Ela é simplesmente incrível. E se você não acredita que ela canta isso tudo é só procurar por "My Man - Lea Michele" que tem uma apresentação ao vivo e é a mesma coisa.

7- Cravo e Canela - Anitta e Vitin


Eu não sou fã da Anitta nem nada do tipo, mas essa música é muito legal. Essa como "I Know What You Did Last Summer" já tem um tempo que estou escutando e ela ainda continua na minha "playlist". Além do mais eu amo a voz do Vitin. Confesso que escutei a primeira vez por causa da participação dele e a música me surpreendeu. Uma surpresa boa.

8- Work From Home


Eu não sou fã do grupo, na verdade só gosto dessa música e "I'm in Love With a Monster", mas essa música me prendeu. Desde a batida até a divisão um pouco mais justa da música (menos pela Lauren). Eu acho as vozes delas muito bonitas, mas as músicas são bem chatinhas e não me prendem. Questão de opinião, não me taquem pedras. Eu prefiro muito mais os covers delas, igual a esse, que suas músicas. As vozes delas poderiam ser mais exploradas.

---------------------------------------------------------------------------------

Essas são as oito músicas que mais estou escutando no momento e se você quiser deixar alguma sugestão de música para mim gostarei bastante.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Maddie se abre sobre Dança, Moda e Confiança corporal

Nenhum direito é meu. Apenas traduzi a entrevista feita pela theOutf!t.


Se você está ligado(a) nos episódios de So You Think You Can Dance: The Next Generation, você deve ter notado um rosto familiar na exibição da noite passada. Estrela de Dance Moms e favorita da Sia, Maddie Zielger fez sua estréia no programa, tendo a oportunidade de conhecer alguns dos novos dançarinos. Eventualmente ela será um juíza ao lado dos veteranos Paula Abdul e Nigel Lythgoe bem como Jason Derulo. Nós tivemos a oportunidade de sentar com a mini estrela para pegar seus pensamentos em ter seu assento na mesa dos juízes, sua moda e belezas favoritas, e o que vem a seguir.

StyleWatch: Parabéns pelo novo programa! Sobre o que você está mais animada?

Maddie Zielger: É realmente empolgante porque eu tenho assistido ao programa desde que eu me lembre e eu estou com muitos outros jurados incríveis. Eu acho que estou ansiosa para ver as crianças dançarem toda semana porquê são dançarinos incríveis e eu sinto que posso até aprender, não só com as crianças, mas claro que com os jurados também. Será uma experiência realmente divertida.



Você está absolutamente nervosa?

Eu acho que ficarei um pouco nervosa no primeiro programa pois será novo para mim, mas eu acho que me sentirei realmente confortável depois de algumas semanas. Além disso, eu geralmente estarei ao lado das crianças durante a competição inteira e geralmente estarei julgando, então será muito diferente, mas super relaxante e divertido para mim estar do outro lado.

Neste ponto você deve de conhecer um monte de dançarinos que deverão fazer a audição. Será estranho julgar pessoas que você conhece?

Eu provavelmente conhecerei muitos deles, mas eu não tratarei nenhum deles diferente de uma criança que eu não conheço. É uma competição justa e eu não irei favorecer crianças, talvez crianças que eu não conheça serão melhores. Isso depende apenas da noite. Eu tenho certeza que darei minha honesta opinião.

Onde você está agora? Você mora permanentemente em LA?

Eu moro em Pittsburg, mas eu também tenho um apartamento em LA. Eu eventualmente me mudo para LA por muito tempo, mas é bom ter minha casa em Pittsburg porquê minha família mora lá. Entretanto LA é minha favorita. Tem tantos trabalhos lá, é muito mais divertido, o shopping e tudo. É apenas muito melhor lá.



Você fará 14 anos neste ano. Você acha que porquê está ficando mais velha, está ficando mais interessada em moda e beleza?

Claro, quero dizer, eu sempre amei fazer maquiagem, mas eu entrei nisso recentemente. Em meu tempo livre, eu sempre fico em meu quarto em frente ao espelho fazendo maquiagem e o mesmo com o cabelo. Desde que eu fui a minha primeira semana de moda, eu comecei a amar isso também. É legal ver tudo de diferentes coleções e peças. É interessante ver como tantos estilos diferentes de roupa você pode vestir de todas as formas diferentes. Algumas vezes as pessoas terão a mesma roupa, mas eles combinam ela com coisas diferentes então é muito legal de olhar.

Como você descreve seu estilo agora?

Eu gosto de me manter um pouco esportiva. Agora eu estou vestindo jeans girlfriend (namorada) e sapatos da Adidas. Eu sinto que isso é sempre melhor para mim pois eu sou uma dançarina e eu sempre estou me movendo. Mesmo para o jantar, eu ultimamente tenho usado tênis para todos os lugares como sapatos da Adidas ou converse ou seja o que for, pode ser, eu coloco uma jaqueta ou um casaco de couro para tipo me vestir um pouco.



E sobre beleza? Como você aprendeu a fazer isso?

Eu sou obcecada em assistir tutoriais de maquiagem no YouTube. Eu tento sempre pegar todos os produtos que eles usam. Eu amo Nikkie TutorialsJaclyn HillPatrickStarrr e Manny Mua. Eu também gosto muito de pintura facial, é tão legal. Então eu gosto de assistir Elsa Rhae para isso. É tão legal assistir.

Nós falamos sempre aos nossos leitores sobre confiança e parece que esses problemas podem começar tão cedo como na idade que você tem. Você já lutou com isso?

Recentemente eu tenho me sentido muito confiante apenas sendo eu mesmo, mas eu sinto que todas as pessoas em algum momento da vida acha que não é legal o suficiente. Ficam tipo "Oh, eu preciso parecer como essas garotas no instagram". Algumas vezes minha amigas dizem "Eu não pareço magra aqui" e eu fico como "Cara isso não importa". É muito bom pois agora existem modelos plus size que amostram quão importante é abraçar seu corpo como ele parece. Você não deve se importar com o quê as outras pessoas vão pensar de você.


Espero que goste e se quiser que eu traduza alguma entrevista de alguma das meninas de Dance Moms ou até de outro artista pode deixar o link que farei o possível. :)

terça-feira, 21 de junho de 2016

Você ama a dança? Então venha conhecer meu novo canal!

Oi criaturinhas lindas!
Eu estou com um canal novo que já queria criar faz algum tempo. Minha ideia para ele é postar vídeos de danças de todas as modalidades (ballet, hip hop, dança de salão...) e de várias companhias de dança e bailarinas e bailarinos solo.
Resolvi criar esse canal pois eu sempre procurei e nunca achei um canal que postasse danças de todos os gêneros assim. É isso que quero fazer e que fique bem legal. Então se você tiver alguma sugestão de dançarino, vídeo ou qualquer outra coisa, por favor me diga que eu quero que o canal seja bom para todos.


Você pode conhecer meu canal clicando AQUI Dança é
E deixarei o primeiro vídeo do canal que é a primeira dança de Dance Moms...




Livro do Mês (Abril) - Todo Dia, David Levithan

Tudo bem com você? Espero que sim!
Hoje eu vim trazer minha sugestão de leitura para abril. Eu sei que estou muito, muito atrasada, afinal já estamos no final de junho (o ano está passando rápido), mas hoje eu trago um livro que não tem continuação, bem leve de se ler e que flui muito bem. Então a leitura não é difícil. massante ou demorada. Espero que goste.


Todo Dia - David Levithan




Sinopse: Todo dia A acorda em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, a já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que em uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sue namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando pra se encontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.


O porquê de eu estar indicando esse livro...
Já faz um tempo que li esse livro, mas ele não sai da minha vida nem das minhas indicações. Ele conta a história de uma personagem chamada "A". E essa personagem não tem sexo ou corpo ou algo ligado a pessoas diretamente. É como se fosse uma alma, como em A Hospedeira, mas que fica no corpo da pessoa por somente um dia, muito raramente ficando mais que isso.
É uma história sim de romance (também), mas não das melosas ou cansativas. Como eu disse, a leitura flui muito bem e é muito boa.
Só tem um porém... Você pode querer mais. Quando eu li, eu senti falta de algo a mais e também de um outro final, por mais que goste de finais que saiam do clichê. Algumas partes do livro deixam muita expectativa e fazem você torcer por "A" e Rhiannon. O tempo gasto na leitura é de muito bom proveito.

Essa é minha sugestão mais que atrasada do mês de abril (junho) que particularmente gosto muito e espero que você também. 
Se você já leu o livro ou algum com essa mesma temática me conte pois eu adoro conhecer livros novos.

Venha conhecer um novo grupo literário no facebook... Vida Literária

terça-feira, 7 de junho de 2016

Milhões de Seguidores, companheira da Sia e cativando Hollywood? Conheça a Maddie Ziegler...

Tradução da entrevista feita pela "ASOS LIKES". Nenhum direito é meu.




O que acontece quando uma famosa estrela pop decide que ela não quer realmente toda a coisa da fama? No caso da Sia, ela recrutou a ajuda de uma dançarina de 12 anos de idade, Maddie Zielger. "Maddie é a pessoa mais profissional que eu já trabalhei" explicou a Sia. "Tão astuta, tão talentosa e em um canal incrível. Eu a amo muito". No vídeo para Chandelier a cantora não queria pegar a Maddie para dançar, ela a queria pegar para ser ela. Usando a peruca do cabelo loiro da Sia, em um minuto a Maddie estava rindo, no seguinte chorando, assim como se lança num desempenho fascinante. Isso acumulou mais de um bilhão de visualizações e tirou a Maddie de um regular reality show da televisão (Dance Moms) para uma das adolescentes mais comentadas da sua geração. Agora com 13 anos (um aniversário marcado pela revista i-D, narrado pela Chloë Sevigny um pequeno vídeo da Maddie dançando), ela foi destacada pela revista Time na lista dos adolescentes mais influentes ao lado da Amandla Stenberg e Malala Yousafzai, ela venceu Kylie Jenner e Cara Delevingne no prêmio pessoa seriamente popular no People's Choice e tem acumulado milhões de fãs. Mas o que vem a seguir na lista da Maddie Zielger? Ir para Hollywood, obviamente...



Você se lembra de alguma vez antes de começar a dançar?
Eu estou dançando desde que tenho dois anos, então todas as minhas memórias são sobre mim dançando! Na primeira vez que eu dancei em um recital, eu sai do palco e chorei porquê queria voltar para lá. Minha mãe ficou tipo "Ok, eu acho que ela gosta disso".

Você esteve em quatro clipes da Sia, como foi conhecê-la na primeira vez?
Na primeira vez que nós conhecemos, nós tivemos um estalo. Ela era tão doce. Nós nos abraçamos imediatamente. Nós gravamos primeiro Chandelier. Quando a Sia assistiu, ela chorou. Algumas semana depois ela disse "Ei, você fará os dois próximos vídeos comigo?" eu fiquei tipo "Ai meu Deus. Isso é louco". Mantivemos a mesma equipe, parecia um pequena família. Este ano nós fizemos Cheap Thrills também. A Sia é uma modelo incrível, eu sou sortuda de tê-la.

Qual conselho ela te deu?
Para permanecer humilde e sempre ficar feliz com o que estiver fazendo. Sempre estar apaixonada pelo o que está trabalhando, porque é muito difícil fazer algo se não estiver apaixonado por isso.



Você esteve filmando um drama, O livro de Henry, com o Jacob Tremblay e NaomiWatts...
Oh, eu tive um grande explosão! Foi tão divertido. Eu me dava bem com todos e amei ir para Nova Iorque. Naomi é tão doce, a pessoa mais simpática e melhor para trabalhar. Eu quero fazer mais filmes. Eu sei que continuarei dançando para o resto da minha vida, mas eu quero atuar também. Eu sou perfeccionista, então eu não sei como vou reagir quando assistir isso, mas eu sei que estarei super orgulhosa pois é meu primeiro grande papel.

Qual foi o momento mais louco da sua carreira?
Performar em todos os lugares que já performei. Quando eu estive no Grammy (2015), eu nunca estive tão nervosa. Eu olhei e lá estavam a Kim e o Kayne na audiência. Foi insano.

Nos conte algo que o mundo não sabe sobre a Maddie Zielger...
Eu sou obcecada por maquiagem e eu tenho feito desde que tenho sete anos quando aprendi a fazer a minha própria. Eu tive que descobrir isso pois a minha mãe fazia para os shows e era muito ruim, então eu fiquei tipo "Quer saber? Talvez eu possa fazer isso?" e eu fiz isso. Eu amo conhecer maquiadores. Eu fico obcecada se conheço um maquiador do YouTube, eles são totais celebridades para mim.



Qual a melhor coisa em ser adolescente?
Eu apenas amo essa sensação de ser chamada de adolescente. Quando eu fiz 13 anos minha irmã ficou tipo "Maddie, você é tal como uma adolescente temperamental". Eu me lembro de ter pensado "Eu meio que gosto disso!". Obviamente não a parte maldosa, mas me tornar uma adolescente, porquê eu não quero crescer tão rápido. Eu tenho 13, é legal!

Quem inspira você?
Minha mãe pois ela está sempre disposta a se dar para todos e é uma modelo incrível. Eu a amo muito!

Domingo perfeito...
Dormir até tarde, depois ir ao shopping. Sushi no almoço e depois sorvete.



Sonho de animal de estimação
Minha situação ideal é ter todos os filhotes do mundo. Eu amo cachorros, especialmente meu único, Maliboo.

A garota mais legal do mundo é...
Sia! Ela é inspiradora, eu me divirto muito quando estou com ela. Minha vida é completa com a Sia nela.



O Livro de Henry, estrelado por Maddie Zielger, estreará ainda neste ano.
Fotografia: Lauren Ward. Estilista: Melody Johnson. Cabelo: Martin Christopher. Maquiagem: Tonya Brewer


Espero que gostem! :)

terça-feira, 24 de maio de 2016

Assistir 6° Temporada de Dance Moms Legendada

Você é fã de Dance Moms e acompanha os episódios da sexta temporada na internet, mas a verdade é que quase não entende pois não fala em inglês? Sim? Então você está no lugar certo!



Acontece que essa temporada está passando nos EUA agora e os episódios ainda não foram dublados no Brasil. Mas você agora pode assisti-los no YouTube e matar a curiosidade.
Existe um canal que legenda alguns vídeos dos episódios (não todos por conta dos direitos autorais) e que vale a pena conhecer.
O Nome é "Só Dança" e posta os episódios cortados em vídeos menores além de outros do mundo de "Dance Moms". Corre lá!

Assista um dos vídeos:


Ah! E não esqueça de acompanhar os vídeos bloqueados no Facebook.

Material para ENEM e vestibulares

Oi pessoal, tudo bom?
Então, hoje venho compartilhar minhas listas de exercícios, provas, apostilas e todo tipo de material que eu acumulei durante esses anos de vestibulanda. Eu organizei em pastas separadas, o que deixa tudo mais fácil de entender e mais apresentável.



Provas e Simulados:
Clique Aqui

Apostilas:
Clique Aqui

Listas de Exercícios:
Clique Aqui

Espero que esse material seja de ajuda e deixo avisado que eu possa acrescentar algo ao longo do ano.

terça-feira, 22 de março de 2016

Ideia de Páscoa: Porta chocolate de coelho

Já estamos na semana da páscoa e você ainda não sabe o que fazer ou comprar pra dar de presente à sua namorada, mãe, pai ou irmão? Então assista esse vídeo de sugestão de lembrança.




OBS: Eu iria fazer esse post em forma escrita, mas meu tempo com os estudos estão muito complicados, então se você queria um post escrito e não um vídeo, eu peço perdão.

sábado, 19 de março de 2016

Top 10 Danças em Grupo de Dance Moms

Caso você acompanhe meu blog, sabe que eu assisto e gosto de Dance Moms, e hoje eu resolvi contar quais são minhas 10 danças favoritas do programa.

10 - The Elite

     Essa é nova, da 6° temporada e eu gosto muito dela pois sempre tem algo que me incomoda (falta de expressão, algum passo errado, falta de entrega...) e essa dança eu não vi nada que me incomodasse. Todas as meninas estavam impecáveis e fabulosas!



9- Dance Bop

     Eu tenho uma fascinação incrível por gostar de coreografias que não conseguem primeiro lugar e essa é uma delas. Na verdade, eu não consigo entender como elas não conseguiram ganhar, já que todas estavam entregues, com muita energia e fizeram exatamente o que a música pedia. Além disso, a coreografia sai daquilo que elas apresentam muitas vezes (lírico, contemporâneo).



8- Red With Envy

     Era incrível que até a 4° temporada as danças que iriam competir contra a Cathy eram fabulosas. Parece que a Abby não curtia mesmo ela... Eu só sinto um pouco de falta da participação das outras meninas na dança (trocando de lugar como nas outras coreografias), mas eu fico tão fascinada com a atitude da Maddie que até esqueço por um momento.






7- Stomp The Yard

    Essa é a segunda dança em grupo da 5° temporada e apresenta o que essas meninas iram fazer. Essa dança e música são contagiantes e mesmo que você não tenha  flexibilidade delas, acaba se vendo fazendo alguns passos involuntariamente. Uma das coisas que mais gostei foi que a Nia saiu da mesmice e arrebentou na dança e nas expressões faciais.




6- Twilight

     Essa é da 2° temporada e eu só conheci essa semana, mas é uma das mais bonitas do programa. A escolha da Abby de deixar três meninas foi muito feliz, pois ficou mais bonito assim, além do mais, ela colocar um menino deixou tudo perfeito. A Abby poucas vezes chamou meninos para participarem das danças, mas geralmente são danças muito legais.




5- Collateral Damage

     Depois de uma onde de derrotas as meninas e a Abby vieram com essa coreografia de tirar o fôlego. As roupas estavam lindas, as meninas incríveis e a música é simplesmente perfeita! Destaque para o primeiro giro da Maddie. Que precisão! Pudera eu...




4- The Cult

     Voltamos à 6° temporada com essa dança em grupo mais linda. Sabe aquelas coisas que te relaxam e fascinam ao mesmo tempo? Essa dança é assim! E o que faz dela ser desse jeito e toda uma combinação. As roupas claras com essa coroa de flores, a música, o jeito leve que elas dançam e sem contar que eu adoro quando as danças têm mais de um liderança. O que já tenho visto e se comprova com esse número é que a Abby tem dado mais espaço pras outras meninas, já que todas estão tendo seu momento destaque.




3- No Sign Of Life

     Eu já disse que amo essa coreografia? Sério! A qualidade de dança das meninas e de coreografia da Giana e Abby aumentaram muito na 5° temporada. Quase todas são ótimas, tanto que do top 10, seis são dessa temporada. Mais uma vez há um ligação com a música que deixa tudo mais especial. A precisão dessas meninas é de surpreender.




2- The Waiting Room

     Nacionais. E elas perderam com essa coreografia. Eu ainda não entendo o que pode ter passado pela cabeça dos juízes pra darem a vitória para o BDP, mas o que sei é que as primeiras vezes que assisti essa dança eu chorei. Não de soluçar, claro, mas é emocionalmente tão forte que sinceramente eu achei que iriam ganhar de lavada. Elas estavam muito bem colocadas emocionalmente (o que me leva acreditar que elas estivessem pensando em alguém que gostassem que morreu) e as roupas mais simples e "largadas" e os cabelos despenteados deixaram tudo mais real. Quem já esteve com algum parente acidentado ou internado, sabe que é daquele jeito mesmo que nos sentimos. Elas demonstraram na dança o que muitas pessoas passam.




1- Beatiful Bizarre

     Mais uma "segunda colocada". Essa coreografia foi feita pelo ex coreógrafo do Michel Jackson e é incrível, mas acredito que não ganhou por não ter movimentos como grand jetè ou fouettè. Ela é muito energética e muita gente critica a Abby por não ter deixado a Mackenzie no meio e colocado a Maddie. No começo eu até imaginei que poderia ficar legal pelo fato de a Jojo ser mais da altura da Maddie que da Mackenzie, mas vendo a Maddie dançar não teria como não deixá-la no meio. Ela foi a única que se entregou verdadeiramente na dança, e se você ainda não reparou nisso, assista a parte que elas formam uma linha horizontal e fazem passos iguais, mas em tempos diferentes. Assista todas as meninas uma de cada vez e verá.



quinta-feira, 10 de março de 2016

Como se organizar e estudar em casa

Como já disse antes, eu sou uma vestibulanda de terceiro ano já e nesse tempo estudei de várias formas. Eu fiz 2 anos de pré vestibular presencial e esse ano optei por estudar em casa.
Particularmente, estou estudando muito mais e muito melhor e por isso eu resolvi fazer esse post pra quem quer estudar, mas não consegue manter o ritmo ou não sabe como começar.

  • Agenda
Esse definitivamente é o item mais importante pra minha organização. Sem ela meus estudos estariam uma bagunça. 
Eu escrevo os horários e minhas tarefas do dia. Tudo! Aulas, exercícios, tarefas domésticas, intervalos, momento de lazer, etc. E isso me ajuda a manter o foco e não procrastinar ou pular algo.
Conforme vou realizando o que está escrito, eu coloco um traço de azul claro e quando não, um "x" de vermelho. Acredite, esses vermelhos ficam muito feios. Eles fazem eu me sentir desorganizada e uma pessoa que não leva nada pra frente. No começo minha agenda tinha muitos "Xs", mas isso melhorou com o tempo.
Se você não tem uma agenda, te aconselho comprar uma (mesmo que seja de outro ano) ou um caderno e só ir escrevendo os dias e horários e depois preencher. Isso é muito útil na vida de qualquer estudante, mesmo que não seja vestibulando.




  • Cartões de fichamento
Esse item é bom para a memorização. Eu tenho uns problemas em lembrar fórmulas e até certos assuntos, então eu resolvi usar esses cartões e deixá-los espalhados em materiais que uso constantemente ou até colar nas paredes do meu quarto.
Os cartões podem ser comprados em papelarias e são pautados, mas eu preferi fazer os meus com cartolina pois eu gosto dele mais livre, onde posso fazer desenhos, mapas mentais e usar o espaço que quiser.


O que gosto de fazer é deixar bem colorido e chamativo, pois acabo prestando mais atenção e aprendendo mais rápido.


  • Exercícios e simulados
Quase não adianta estudar teoria e não exercitar. Meu conselho é que a cada matéria aprendida, você faça pelo menos 10 questões no dia ou na semana e também um ou dois simulados ao mês. O interessante é uma prova antiga ou simulado mesmo de um vestibular da sua cidade ou para algum que você vá fazer e um do enem. Além disso é interessante no final do mês fazer exercícios de matérias que você estudou durante ele. O bom é separar um dia e horário como em provas mesmo, e não esqueça de deixar ao seu lado uma garrafa de água e mais o que você vá precisar (um biscoito, uma barra de chocolate, um guaraná, café...).




  • Estude matérias que não são seu forte
E não simplesmente assista aulas ou leia livros. Aprenda! Se você assistiu uma aula ou leu alguma matéria e não entendeu, procure em outros livros e na internet. O que não falta são explicações de formas diferentes. Muitas vezes nós achamos que não conseguimos aprender e na verdade você não se adaptou à linguagem de um professor.


  • Evite distrações
Eu tenho um pouco de problema com isso e acredito que muitas outras pessoas também. Principalmente quando estudamos pela internet (meu caso), mas tente se regular e coloque na sua agenda horários entre 15 e 30 minutos uma ou duas vezes no dia para lazer e uma hora ou uma hora e meia à noite, terminados seus afazeres.
Se acontecer de isso não funcionar, faça um plano de recompensa com alguma coisa que goste (chocolate, por exemplo) e se possível peça ajuda para alguém da sua casa, que te regule e determine se você mereceu ou não. Mas claro, se você está lendo, assistindo à uma aula, fazendo resumos, enfim, e não consegue manter o foco é melhor parar a atividade, ir relaxar e voltar em alguma outra hora. Não é bom deixar para depois, mas é melhor adiar uma matéria e aprendê-la depois que passar por ela de qualquer forma e colocar como "estudada". Nós já fazemos isso muitas vezes na escola...


  • Redações
Por último, e muito importante, faça redações. Meu conselho é fazer entre uma e duas por semana e no final do mês juntá-las e ver o que você pode melhorar. Redação é prática! Se você não tem prática e agilidade, tente fazer uma a cada dez dias e vá aumentando. Comece com temas que tenha facilidade e vá dificultando e não deixe de estar sempre atento às notícias do Brasil e do mundo.



Eu uso uma folha de redação de um curso que não conheço, mas que é no formato do enem e ficará AQUI se você quiser pegar. Tchau e até a próxima.

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Tag: Loucas por Ballet

Oi, tubo bom? Espero que sim!
Então, eu sempre vejo vídeos no YouTube sobre assuntos relacionados ao ballet e vi muitas pessoas respondendo essa Tag e resolvi respondê-la também, porém em forma escrita.
Como eu não sabia as perguntas resolvi procurar e achei não só as perguntas, mas o post de quem criou essa Tag, então fica AQUI o link original.



1 - Você faz/fez ballet há quanto tempo?
Desde criança eu sempre senti vontade de dançar, mas como minha mãe trabalhava longe e passava o dia todo fora eu nunca pude fazer aulas pelo fato de não ter alguém para me levar e buscar.
Os anos passaram e eu comecei andar sozinha, ir para a escola sozinha e com somente 13 anos eu comecei a dançar. A princípio foi no jazz, mas então eu mudei de academia aos 14 anos e foi lá que comecei o ballet e dei continuidade ao jazz, mas eu precisei parar por conta do vestibular aos 15 anos e alguns meses (comecei estudar cedo porque quero medicina).

2 - Você lembra da sua primeira professora de ballet?
Eu estudei ballet por mais ou menos um ano e tive duas professoras de ballet e é claro que lembro, até pelo fato de eu ser mais velha. O nome dessa professora é Milka e ela me ensinou muitas coisas que levo até hoje. Eu tenho uma lembrança muito boa dela, já que foi ela quem me ensinou a dar estrelinha.

3 - Qual o passo do ballet que você tem mais dificuldade e o que mais gosta de executar?
O passo que sempre senti mais dificuldade sempre foi o Grand Jetè (foto abaixo) pelo fato da flexibilidade e o que mais gosto é de piruetas e fouettè porque mesmo sem fazer aulas de dança eu ainda consigo fazer.


4 - Com quantos anos você começou a usar sapatilha de ponta?
14 ou 15 anos.

5 - Qual a marca de roupa/sapatilha que você mais gosta?
Eu gosto muito dos collants da Capezio, mas conheci uma sapatilha que se adaptou muito melhor ao meu pé que é da Evidence.

6 - Qual a altura do seu coque? (Baixo, centralizado, alto)
Centralizado. Não me incomoda e eu não vejo.

7 - Com que frequência você se alonga?
Mesmo não estando dançando atualmente, eu sempre me alongo em casa. Dependendo da minha semana (se foi corrida ou não) eu me alongo uma ou duas vezes ou até não me alongo.

8 - Qual parte da aula você mais gosta?
Barra, sempre! Amo muito!

9 - Você já saiu passando a coreografia no meio da rua e/ou tentou fazer aquela pirueta no meio do super mercado?
Uma vez eu passei a coreografia na rua pois estava à noite e minha mãe estava conversando, enrolando pra ir embora e não tinha mais ninguém vendo. E pirueta, não que eu lembre, mas quando eu estava fazendo aulas 4 dias por semana toda vez que encostava e uma mureta ou a fazia de barra e fazia exercícios de tandi e jetè, mas era meio que inconsciente. Acho que era por conta da quantidade de tempo na dança.

10 - Qual o ballet de repertório que você mais gosta?
O Quebra-Nozes.

11 - Qual a personagem que você mais se identifica?
Nenhuma personagem em si.

12 - Qual a bailarina que você se espelha?
A Ana Botafogo por ela ser brasileira, uma ótima bailarinas, ter dançado tantos repertórios e ser uma primeira bailarina incrível, mas também a Maddie Ziegler porque ela ocupa o palco de uma tal forma que deixa todos fascinados. Não só pela técnica e flexibilidade, mas também pelas suas expressões. O que mais me fascina nela é que ela novinha tinha maturidade pra se expressar nas danças.



13 - Qual o truque que você usa pra cuidar das bolhas/pés doloridos?
Eu nunca fui de ter bolhas (tive duas no máximo). Meu problema maior era a unha encravada. Não tinha um dia que minhas unhas não estivessem encravadas. Não tinha muito o que fazer já que na próxima vez que subisse na ponta elas encravariam outra vez, mas sobre a dor nos pés o jeito era deixar os pés um pouco na água morna e fazer massagens mesmo.

14 - O que você sente quando está dançando? No palco, na sala de aula?
Eu me sinto incrível! E toda vez que consigo fazer algo novo é uma vitória pra mim.

15 - Diga um momento inesquecível que o ballet proporcionou a você.
Meu solo (de contemporâneo), subir na ponta e aprender dar estrelinha.

16 - Você gosta, ama ou é louca por ballet?
Os três. Depende do momento e situação.


     Essa Tag foi criada mais pra quem dança desde novinha ou já tem uns anos, mas como eu gosto muito de dança e do ballet, resolvi respondê-la.
     E você? É louca (o) por ballet também? Já respondeu essa Tag? Então deixa o link aí pra eu ver.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Livro do Mês (Março)

Asas - Aprilynne Pike

Eu sou uma garota que gosta muito de livros e do mundo literário em sim. Então resolvi dar uma sugestão por mês de algum livro que já li ou que esteja lendo. Hoje então eu falo do livro "Asas" de uma escritora estadunidense.

Sinopse: Laurel é uma garota de quinze anos, que levava uma vida tranquila em uma cidadezinha minúscula. Educada em casa pela mãe, nunca precisou frequentar a escola.
Quando seus pais decidem se mudar para Crescent City, Laurel é matriculada na Del North High, encontrando dificuldades para se adaptar à nova vida. Ela gosta de estar ao ar livre, não se sente bem em locais fechados, come basicamente frutas e vegetais, nunca experimentou carne, não suporta usar roupas apertadas e não costuma sentir frio. Além do mais, é linda.
Em seu primeiro dia de aula, faz amizade com David, cuja companhia é disputada pelas garotas da escola, e acaba se tornando sua amiga e companheira de estudos e confidências.
Um dia, ao se olhar no espelho, Laurel se depara com uma revelação que a deixa atônita. Com isso, pensa em se afastar da escola e de seu novo amigo, mas sabe que não conseguirá carregar, sozinha, o segredo que começa a deixá-la em pânico.
Com a ajuda de David, Laurel descobre que pertence a dois mundos - o humano e o das fadas. Adotada aos três anos de idade, nunca soube nada a respeito de seu passado. Sabe, porém, que é amada pelos pais adotivos e que adorava viver na casa em que passara a infância junto à natureza.
Agora Laurel terá de conciliar os dois mundos. Em um deles, desfrutará a amizade e o amor de David; no outro, reencontrará Tamani, o atraente elfo de profundos e penetrantes olhos verdes, com quem tem uma linda história de passado e uma missão no futuro.
Dividida entre dois mundo e dois amores, Laurel terá de fazer uma escolha muito difícil.

Por que indico esse livro?
     Não só por eu gostar muito dele, mas também por ele trazer alguns pontos um pouco diferentes que costumamos ver. Além disso, o livro é pouco conhecido e bem interessante.
     Eu não tenho muito o que falar do enredo, já que a sinopse conta tudo e até dá uns spoilers, mas eu super indico pois ele vale a pena.
     O Livro é de uma saga chamada "Fadas" que tem mais 3 livros seguintes. Eu só li o primeiro e o segundo e o enredo não se perde na história e nem no interesse e emoção. A história tem momentos de ação e emoção que deixam tudo mais gostoso.