domingo, 31 de julho de 2016

Maddie Ziegler se abre sobre a vida depois de "Dance Moms"

Nenhum direito é meu. Eu só traduzi a entrevista feita pela SEVENTEEN. Aproveite.

Como a estrela da capa de agosto da Seventeen se sente REALMENTE sobre estar indo embora.



Adeus Dance Moms, olá à nova Maddie!

Na nossa edição de agosto , a rainha da dança fala a verdade sobre sua decisão da saída do programa de sucesso. "Deixar Dance Moms foi uma decisão difícil de tomar, mas estava ficando muito estressante," ela diz. "Agora, eu me sinto muito livre."

Claro que uma grande parte da nova liberdade da Maddie significa sem mais Abby Miller. Então nós temos que perguntar: a instrutora de dança é tão má quanto aparece na televisão? "Ela é exatamente como ela é no programa," Maddie diz. "Mas a coisa que eu mais gosto nela é que ela pode ser engraçada algumas vezes. E ela também quer que eu seja boa." Ainda assim, isso nem sempre foi fácil para a Maddie lidar. "Eu sinto que tinha muito mais pressão sobre mim para ser a melhor no quarto."

Outra fonte importante de drama? Comentários rudes no Twitter e Instagram. "Eu poderia estar tipo, 'Por que eles são tão maus comigo?'" ela diz. 'Eu venho percebendo que as pessoas só fazem isso porquê elas querem atenção. Uma pessoa que me odeia, e outra garota começam uma briga na minha página! Eu fico tipo, Que diabos? Por que as pessoas fazem isso?"




Felizmente, a Maddie não permite que os haters ficam no seu caminho, perseguindo seus sonhos. Agora que ela conquistou o mundo da dança, ela está pronta para dar um tiro atuando. E tem uma estrela que está dando seu principal objetivo: Jennifer Lawrence. "Ela é uma atris incrível e pode fazer qualquer coisa," ela diz. "Ela pode ser realmente peculiar e divertida em suas entrevistas que eu vi. Eu adoraria vê-la fazendo uma paródia do clipe da Sia - ela seria incrível em 'Cheap Thrills'!"


Vamos fazer isso acontecer, J. Law!

Reportagem de Hearther Viggiani.

Para mais sobre a Maddie tenha a edição de agosto da Seventeen nas bancas em 5 de julho. Você também pode assinar a versão digital aqui.

Espero que tenha gostado. Seu quiser uma entrevista traduzida, seja de quem for, entre em contato. Deixe o link nos comentários que traduzirei assim que puder.